TRADUZINDO

WebRádio Cultura Viva

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

NATAL E CURIOSIDADES


















DATA

Desde o ano 353, o Natal é celebrado no dia 25 de dezembro, embora não haja na Bíblia, nenhuma referência ao seu dia exato. Segundo alguns historiadores e pesquisadores, a igreja escolheu o25 de dezembro, como forma de “cristianizar” as festas pagãs que eram conhecidas como Saturnais. Elas ocorriam entre 17 e 24 de dezembro e antecediam a festa ao deus Janus (de onde, aliás, vem a origem do nome do mês de janeiro).
Até 353, o Natal era celebrado em diferentes dias,conforme a particularidade de cada país. No Egito e na Grécia, por exemplo, comemorava-se no dia 6 de janeiro. Em outros lugares, entre 25 de março e 20de abril.


PRESÉPIO

Acredita-se que o primeiro presépio foi feito no século 8, na igreja Santa Maria Maggiore, em Roma, onde o próprio Papa rezava a missa de Natal. A tradição, porém, ganhou popularidade depois que, em 1223, São Francisco de Assis montou o primeiro presépio vivo que se tem notícia. Para relembrar o ambiente humilde em que Jesus nasceu, usou um boi e um asno de verdade, uma manjedoura cheia de feno e alguns camponeses e pastores pobres de Assis, na Itália.


MISSA DO GALO

Entre as várias versões sobre a Missa do Galo, tem uma que diz que São Francisco de Assis deu início à tradição. Ele só permitia que seu presépio vivo fosse visto à Meia-Noite do dia24 de dezembro, hora que representa o nascimento de Jesus. Depois rezava uma missa. Como é comum os galos cantarem nas primeiras horas da madrugada, o povo teria dado o nome de Missa do Galo à celebração.


ÁRVORE

Não se sabe ao certo, quando a primeira árvore foi enfeitada.  Mas uma das versões relata que o costume teve início na Alemanha, em 1525, quando Martinho Lutero, ao passear por uma floresta à noite e ver estrelas brilhando, teve a ideia de montar em sua casa, uma árvore com velas, para mostrar às crianças como seria o céu no nascimento de Cristo.
Além disso, a árvore tem forte significado simbólico. Representa a figura viva de Cristo, pois o pinheiro se mantém verde até no inverno. A ideia de colocar uma grande árvore iluminada em local público, surgiu em 1912, nos EUA.


PAPAI NOEL

A origem do Papai Noel está relacionada ao Bispo Nicolau, que viveu no século 4, na cidade de Myra, atual Turquia. De bom coração, ele costumava ajudar com moedas de ouro as pessoas com dificuldade. Depois de morto foi declarado santo,a quem eram atribuídos muitos milagres. Sua transformação em símbolo de Natal se deu na Alemanha.
Já na metade do século 19, a imagem do personagem de barba comprida e roupas vermelhas, que anda em um trenó puxado por renas voadoras, ganhou o mundo, numa jogada de marketing de uma grande empresa. E consolidou-se te os dias atuais.


PRESENTES E CARTÕES

A troca de presentes na noite de Natal relembra o ouro, o incenso e a mirra, presentes levados a Jesus pelos  “Sábios do Oriente”, como diz a Bíblia. Só no Século 5, eles seriam chamados de Reis Magos e ganhariam nomes populares – Gaspar, Baltazar e Belquior.

Em tempo: Mirra é um tipo de resina vegetal aromatizada, que também servia para embalsamar corpos.

O hábito de enviar cartões teve início na metade do século 19, na Inglaterra, quando Sir Henry Cole concluiu que escrever cartas demorava demais. Ele pediu então a um amigo que desenhasse um cartão que foi feito representando uma família que bebe à saúde de um amigo ausente. A ideia virou moda.


Nenhum comentário: