TRADUZINDO

WebRádio Cultura Viva

terça-feira, 12 de julho de 2011

FIG - ATIVIDADES DIVERSAS

ARTES VISUAIS

Programação 
Casa Galeria Galpão (Av. Rui Barbosa, nº 843)

Data: 16 a 23 de julho
Horário: 14h às 22h

AÇÕES PERMANENTES
Exposição Residual - Raoni Assis 
Exposição Outros Frames – Marcela Camelo Barros 
Exposição Ricardo Moura – Funghi
Exposição Iezu Kaeru – Sonhador
Exibições - Videoarte 
Exposição Marcelo Lyra - .MOVE - incomum, cotidiano e se mexendo 
Exposição MUDA - Federico Lamas (ARG) - Vete el Diablo
Instalação Charles Douglas Martins - Scanner Art
Intervenções de Grafite - Léo Gospel, Johny e Léo Arém
Lançamento do livro - Paulo Bruscky

OUTRAS AÇÕES
Espaço MUDA e Espaço ACRE
(Espaços convidados para ações de interação com o público integrando a programação permanente, promovendo ações diárias na Casa Galeria Galpão)

Dia 16
14h - Intervenção MUDA – Thiago Verdee(PB) em construção da parede com DJ
21h - MUDA - Monólogo de intervenção Externa – "Discurso da Ponta da Língua" – Performance de Eduardo Rios com Direção de Samuel Santos pelo Grupo Quadro de Cena

Dia 17
18h às 22h - MUDA - Domingo Santo

Dia 18
18h - MUDA - Ensaio Aberto

Dia 19
18h - MUDA - Leia-se: Terça! Leitura Dramatizada do Texto Rarefeito de Giordano Castro com Direção de Pedro Vilela no  Elenco Giordano Castro e Pedro Wagner - Grupo Magiluth (PE)
21h - MUDA - Ensaio Aberto

Dia 20 
18h - MUDA - Quarta Bela - Intervenção Urbana (Dança) "Ocupação dos Espaços Vazios" com Patrícia Pina Cruz com Direção de Black Escobar pela Dante Cia de Dança e Teatro PE
21h - MUDA - Ensaio Aberto

Dia 21
16h - MUDA - Espetáculo Infantil: Assim me contaram, assim vou contando... com Mayara Millane e Márcio Fecher pela Cia Enlassos de Teatro PE

Dia 22 
21h - Desfile - Conclusão da Oficina de Cássio ACRE

Dia 23
20h - MUDA - Rhaissa Bittar (SP) - Pocket Show

INTERVENÇÕES URBANAS

Dia 16
A partir de 14h 
- Intervenções urbanas em vias públicas: Rinaldo Silva – Luzia dos Olhos D´agua protege o que eu vejo; Cristina Machado – O ar que Respiro; Mozart Santos – Eu quero voltar a ser macaco; Coletivo Super-Terra ( Raul Souza, Celso Hartkopf e Caramuru  Baumgartner) - Lamb Lamb; Joelson Gomes; Jacaré

A partir de 17h 
- Intervenção Urbana Ateliês Peligro (Daniel Leite, Eduardo Souza, Luiz Santos, Mauricio Castro e Thiago Dantas) – FIGuração Contemporânea 
Obs.: desdobramento da ação: projeções de vídeo da Casa Galeria Galpão (17 a 23)

18h - Performance, Intervenção urbana Beth da Matta e Juliana Notari – O Banquete (próximo ao Colégio Santa Sofia – Av. Santo Antônio)

19h às 22h - Intervenção Urbana em vias públicas - VJs Retinantz – Urbe Mappign 

Dia 17
14h - Intervenção urbana em vias públicas - Coletivo Super-Terra (Raul Souza, Celso Hartkopf e Caramuru  Baumgartner) - Lamb Lamb

19h às 22h - Intervenção Urbana VJs Retinantz – Urbe Mappign

Dia 18
- Instalação urbana - Ricardo Brazileiro - 3c0 - Ecosistema do Sensitivo, no Parque Ruber Van der Linden (Pau Pombo)
- Intervenção, Instalação Dominique Berthé – BrinCadeira
- Intervenção Urbana Coletivo Juin – Garanhuns de volta aos muros!

Dia 19
Intervenção Urbana em vias públicas - Coletivo Juin – Garanhuns de volta aos muros!

Dia 20
15h - Saída da Casa Galeria Galpão (Av. Rui Barbosa, nº 843)
- Performance, Intervenção Urbana Izidório Cavalcante - Artistas de Plástico não morrem - ou as flores de plástico não morrem
- Intervenção Urbana Coletivo Juin – Garanhuns de volta aos muros!

Dia 21
- Intervenção Urbana Coletivo Juin – Garanhuns de volta aos muros!
15h30 - Jardins da Av. Santo Antônio - Performance Wolder Wallace – Brinde
19h às 21h - Intervenção urbana Lia Letícia - Flux

Dia 22
- Intervenção Urbana Coletivo Juin – Garanhuns de volta aos muros!
- 19h às 22h - Intervenção Urbana em vias públicas - VJs Retinantz – Urbe Mappign

Dia 23
- 19h às 22h - Intervenção Urbana em vias públicas - VJs Retinantz – Urbe Mappign

PROGRAMAÇÃO PARALELA DE ARTES VISUAIS

Dia 15
Exposição Beth da Matta e Juliana Notari - Epílogo 2
15h - Bate-papo com o crítico Ricardo Resende
17h - Galeria de Artes Ronaldo White
Período da Exposição: de 15/07/2011 a 16/09/2011
Segunda a sexta (9h às 22h) | Sábado (14h às 18h)
SESC Garanhuns: Rua Manoel Clemente, 136, Centro. Garanhuns-PE


PATRIMÔNIO

Exposição Patrimônios de Pernambuco 
Uma imersão nos conceitos referentes ao patrimônio cultural, ilustrada por exemplos dos bens tombados no Estado, fotos didáticas de obras em edifícios de valor cultural, uma mesa de achados arqueológicos, além da "Árvore", elemento escultórico com raízes, tronco, galhos e frutos, representando simbolicamente os saberes, celebrações e manifestações ligadas ao patrimônio cultural.
Período: 14 a 23 de julho
Local: Parque Euclides Dourado
Horário: 13h às 21h

Pernambuco na memória
Duas cabines para gravação em vídeo de depoimentos que envolvam a história de cidades pernambucanas na memória dos participantes, a partir de suas experiências pessoais. 
Período: 14 a 23 de julho
Locais e horários: 
Parque Euclides Dourado - 14h às 21h - cabine 1
Casarão dos Pontos de Cultura - 9h às 16h - cabine 2

Trupe do Patrimônio
Apresentação do espetáculo "O canto das sete colinas", que traz as histórias, memórias e os patrimônios que compõem a paisagem cultural de Garanhuns. O espetáculo inédito foi desenvolvido pelo Grupo de Teatro da Rua dos Loucos e Oprimidos da Maciel e artistas convidados especialmente para o FIG.
Dias, locais e horários: 
Dia 21 - Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante - 18h20
Dia 22 - Palco de Cultura Popular - 17h
Dia 23 - Parque Ruber Van Der Linden - 11h

Sinalização de edifícios de valor cultural
Destaque nas fachadas de três edifícios inseridos na programação do festival, por meio de Iluminação especial e instalação de banners com informações sobre sua história, que poderão ser vistos durante todos os dias do FIG.
Locais: Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante (antiga Estação Ferroviária), Igreja Matriz de Santo Antônio e Academia de Letras de Garanhuns

A Estação Ferroviária de Garanhuns e as suas transformações
Exposição de painéis ilustrando as transformações ocorridas na configuração arquitetônica do edifício da antiga Estação Ferroviária, desde sua inauguração no século XIX até os dias de hoje, quando está sendo tombado pelo Estado de Pernambuco.
Local: Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante (antiga Estação Ferroviária)
Dias e horário: nos dias e horários de funcionamento ao público

Cantinho da Arqueologia: despertando sentidos e revelando o passado (projeto de terceiros, aprovado no festival)
Espaço onde serão oferecidas experiências lúdicas e investigativas sobre o patrimônio cultural, tais como uma simulação de canteiro arqueológico, onde as crianças poderão realizar descobertas com a utilização dos instrumentos específicos de arqueologia, além de atividades de pinturas rupestres ou corporais indígenas. 
Local: Parque Euclides Dourado
Dias: 16 e 17
Horário: 14h às 17h

Nenhum comentário: